Voltar para biblioteca

Day-Trade: A Fórmula 1 do Mercado de Ações

Day-Trade: A Fórmula 1 do Mercado de Ações

Descrição

O Day-Trade é como se fosse a Formula 1 do mercado de ações. É a modalidade mais rápida, e que exige maior conhecimento e precisão. Ela é indicada para as pessoas que tem mais tempo para dedicar ao mercado, já que as operações são bastante rápidas. As operações de Day-Trade são aquelas onde você compra e vende a ação no mesmo dia, tendo como vantagem serem muito ágeis e permitirem que você possa investir muito com pouco dinheiro, já que você só precisa ter 1 sexto do dinheiro que irá movimentar no caso do mercado de ações e menos ainda no caso do mercado futuro. Ou seja, com R$ 10.000,00 você pode comprar e vender até R$ 60.000,00 no Day-Trade. Ao mesmo tempo elas buscam ganhos menores, normalmente entre 0,5 e 3%, mas como existe a possibilidade de comprar muito com pouco dinheiro, o resultado acaba sendo interessante. Por exemplo, se com R$ 10.000,00 você consegue comprar R$ 60.000,00 em ações, se você ganhar 1% sobre esses 60.000 já são R$ 600,00, o que equivale a 6% do dinheiro que você tem. Ao mesmo tempo, se fosse um ganho de 3%, poderia chegar a 18% do seu capital em uma única operação. As oportunidades de Day-Trade são encontradas através da Análise Técnica de Ações, que é extremamente efetiva por se basear no coração, na alma de qualquer mercado: A lei de oferta e procura. Dentro do Toro Radar, você encontra as oportunidades de Day-Trade dentro da área de Recomendações. Você pode optar por receber alertas por e-mail e por celular sempre que a nossa Equipe de analistas recomende uma nova oportunidade. Dentro da nossa área de Day-Trade, você consegue ver as recomendações do dia e conversar com os nossos analistas em Tempo real na Sala de Day-Trade. Para quem quiser entender melhor as estratégias utilizadas para as recomendações de Day-Trade, recomendo assistir o nosso programa de cursos de Análise Técnica. É importante frisar que assim como todos os outros tipos de operação, no Day-Trade é necessário administrar o Risco, sempre tendo um plano B para caso o mercado não evolua da maneira que estavamos esperando. Esse plano B é o que chamamos de Stop Loss, você vai aprender mais sobre ele dentro dos cursos de Análise Técnica. Com o Stop, você compra a ação já sabendo o máximo que você pode perder, conseguindo limitar seus prejuízos e proteger o seu dinheiro caso o pior cenário aconteça.